Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Exílio

Amo estas sensações e mórbidos lugares
Onde há solidão.Na mente, imerso…
Pensamentos vagueiam pelos ares
Todo sofrimento fica disperso…

Indiferente ficar assim, em perdição.
Não existem caminhos nem retas
Aqui só paira a minha dor,
Dita por tuas palavras incertas.

Como quem escolhe o próprio fim,
Fiquei inerte de tantas dúvidas
Onde tu me levas digo que “sim”.
O que fizeres, hei sempre de entender.
Pois tudo que fazes pra mim,
Da solidão me fazes esquecer.

10 de março de 1994.

Valter Vargas
Enviado por Valter Vargas em 29/11/2007
Reeditado em 08/02/2008
Código do texto: T757704
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valter Vargas
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
36 textos (1217 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 21:28)
Valter Vargas