Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Queda

No meio do caminho a vida parou de repente.
A estrada se perdeu de mim, numa curva.
E meus sonhos caíram, como folhas de árvores frondosas.

Meu corpo caído sobre um gramado sem esperança
Esfria lento e rijo de dor.
A alma sangra, mas vive ainda.

O relento contém emoções desconhecidas.
Vertem do olhar as dúvidas
E dos gestos a incerteza.

O corpo não levanta.
Jaz quieto e sem forças,
Esperando o raiar de um novo dia...
Alex Dumal
Enviado por Alex Dumal em 02/12/2007
Reeditado em 17/08/2008
Código do texto: T762302

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Dumal
Guara I - Distrito Federal - Brasil, 39 anos
43 textos (1527 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 21:20)
Alex Dumal