Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Casca

Já não temo as tochas,
e nem seu calor,
a pele é somente um casco,
resultado de tanto terror.

Não sinto nada,
nem medo,
nem amor,
dou a cara a tapa,
sou resistente a dor.

Não tenho nada a perder,
não temo meus inimigos,
estou de volta a minha casca,
da onde nunca deveria ter saído.

Se estou novamente sangrando,
só interessa a mim,
não quero compaixão,
não quero ajuda,
me viro muito melhor sozinha.

Suas palavras não me atingem,
Sendo boas ou ruins,
aqui existe somente eu,
e é bom que continue assim.
Claudia Rayzer
Enviado por Claudia Rayzer em 28/11/2005
Código do texto: T77996

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Rayzer
São Vicente - São Paulo - Brasil, 31 anos
139 textos (6845 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:06)
Claudia Rayzer