Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA HORA DO ADEUS.

Sonetos do poeta Malume(Manoel Lúcio de Medeiros)


Amigo estou perante o teu corpo,
Estou aqui sem mesmo acreditar,
Quisera nesta hora, neste instante,
Poder a tua voz ouvir falar!

É duro aceitar esta partida,
Difícil é ver-te sem te dá um adeus,
Mas sei que um dia lá na outra vida,
“Nós vamos estar juntos, sim com Deus!”

A morte é uma dor que não se espera,
Que arranca lá do peito a nossa vida!
Quantos já não foram para o além,

Sem chance de ao menos ter saída?
Oremos pra na hora deste adeus,
Possamos sim, salvar a nossa vida!


Direitos autorais reservados!
Malume
Enviado por Malume em 30/11/2005
Código do texto: T78987
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16872 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:10)
Malume