Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TÃO POUCO

TÃO POUCO SEI OQUÊ É VIVER
OU APENAS NADA SEI
TÃO POUCO,SEI OQUÊ É TER PAZ
OU SOMENTE QUERO TÊ-LA

TÃO POUCO,DEIXO LÁGRIMAS PERCORREREM
NA FACE E MORREREM NA GARGANTA,PELA VIDA...

TÃO POUCO,AS PESSOAS SE FAZEM,INFELIZES
E DESTROEM SEUS SONHOS
TÃO POUCO,VEJO RIOS DE LÁGRIMAS,
LÁGRIMAS DOLOROSAS,AMARGAS,E INFELIZES
DE NOVATOS DA VIDA,QUE NÃO SABEM VIVER...

TÃO POUCO,SEI DESSA VIDA,QUE A JULGAMOS TÃO BELA
E QUE NA VERDADE ELA É...
TÃO GRANDE É A NOSSA LUTA POR ELA,
NOSSOS SACRIFÍCIOS,FRUSTAÇÕES,
E DECEPÇÕES,E NA MAIORIA DAS VEZES
POR TÃO POUCO RECONHECIMENTO...

LÍVEA MESSINA NUNES.
Lívea Messina Nunes
Enviado por Lívea Messina Nunes em 02/12/2005
Código do texto: T79814

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (nome). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lívea Messina Nunes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
689 textos (74312 leituras)
3 áudios (517 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:35)
Lívea Messina Nunes