Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retrato de uma Infeliz

Retrato de uma infeliz

Olhos profundos da cor do mel
Quem ousar mergulhar
Poderá sentir tanto fel
Tristeza, desespero,sofrimento

Uma pobre infeliz ambulante
Seu corpo humano mutante
A alma rasgada e estraçalhada
Não tem horizonte, não tem
Amanhã

Sem trabalho, sem renda, sem
Um novo risco a ser bordado
Ela teima consigo mesma
Põe a alma na grande fogueira
E faz uma grande besteira

Hoje no inicio da manhã
Estava lá a infeliz traficante
Em estato terminal
Sofrendo a sentença fatal
E manchete de jornal

Valha-nos deus que triste
Que  fim dramático e banal
Todos os dias é o que vemos
Nos rostos, nas máscaras,
Nas feridas, nas cicatrizes

A mutilação do ser  humano
Mutante, Ambulante,Traficante
Destituído de tudo,
Respeito, dignidade
Situação humilhante
A do nosso semelhante

 
Aradia Rhianon
Enviado por Aradia Rhianon em 06/12/2005
Código do texto: T81713

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aradia Rhianon
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1208 textos (87682 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:44)