Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ERRANTE.

Perdida em meu mundo,
Tal qual nau sem rumo,
Vagando solitária em busca de abrigo.
O manto negro da noite me cobre,
Uma dor cala no peito,
Corroi minhas entranhas.
O vazio dentro de mim habita,
Tenho frio,
Tenho fome de vida,
Sede de amor.
Fantasmas em minh'alma
Ventos e tempestade me levam,
Navegante errante,
Rumo ao sem fim.


Beijos "ÐäMå Ðë ÑëG®ö"


***
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 07/12/2005
Reeditado em 07/12/2005
Código do texto: T82247

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146134 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:38)
Dama De Negro