Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM ADEUS

UM ADEUS

Se eu tiver que partir
sei que estarei perto
de Deus e que deixarei
minhas poesias como
o símbolo de minha vida...

Não quero viver as dores
corroendo minha alma,
e nem lagrimas de saudades
quero lembrar
de meu destino da mesma
maneira que vivi...

Gostei de viver,
não tive vergonha
da felicidade, cantei,
dancei, mas esqueci
na ilusão a saúde
que esta derrubando
minhas esperanças...

Pai me perdoa
aceite minhas orações
me ajude a cumprir
minha missão,
que nas asas da
imaginação,
construí meu mundo....

Criei raízes, cresci
na ilusão para colher
flores, e me perdi
na contra mão do tempo...

Um dia encontrarei,
o amor que se perdeu
no mundo sem chance
de encontrar a paz,
e no reino dos anjos
estarei sentado recitando
o poema de uma vida...

Tento substituir
o medo pela fé,
regando com lagrimas
um pedido de milagre
que chega com a depressão
da solidão...

Sozinho, vivo
cercado de amor
ouço o grito do silencio
e peço a Deus
a liberdade de minha
prisão que corroe
minha esperança.
poeta da paz
Enviado por poeta da paz em 18/12/2005
Código do texto: T87680
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
poeta da paz
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 61 anos
3694 textos (146796 leituras)
186 e-livros (26764 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:13)
poeta da paz