Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Balada do Viúvo

(ao viúvo que fica...)

Por entre o brilho das estrelas
De quantas há no espaço infinito
Vazio, frio, indiferente
A um olhar perdido e errante que um dia amou...

Vejo um ponto deveras distante
Irradiando calor, qual ilha solitária
Se fez porto seguro em minha desesperança
Qual pousada a um viajor exausto, cuja jornada findou...

Junto a tantos amores e sozinho
Dentre todas só vejo a ti, estrela D'alva
Que para sempre se elevou, muito acima do horizonte
E de lá, derrama seu olhar ao que ficou...
André da Costa
Enviado por André da Costa em 21/12/2005
Reeditado em 21/12/2005
Código do texto: T89161
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André da Costa
Viradouro - São Paulo - Brasil
38 textos (4517 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:56)
André da Costa