Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PIEDADE SENHOR

 
 Tristes são os caminhos
 Dos descompassos da vida.
 Tristes são os desamores, os desencontros,
 As ausências, as omissões.
 Tristes são os ais dos oprimidos,
 Dos perseguidos, dos condenados.
 Tristes os solitários, os mal amados.
 Tristes as horas de perda,
 De saudade, de mágoas.
 Tristes os desencantos após o encanto,
 As dores do corpo e da alma.
 Tristes as amarguras das mulheres
 Mal vistas, que a sociedade condena.
 Tristes os desvalidos, sem sorte,
 Que pernoitam com fome, sem alento.
 Tristes as mães chorosas
 Que sofrem a perda de um filho.
 Senhor, ó meu Pai, piedade
 Para meus tristes irmãos,
 Que também são filhos seus.
 
marlene andrade reis
Enviado por marlene andrade reis em 10/01/2006
Código do texto: T97019
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marlene andrade reis
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
250 textos (12508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:05)
marlene andrade reis