Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


                              
  RAIOS _ DE _ VIDA


                                     Como  é  bom  poder  despertar,
                                        ver  o  véu  do  dia  se  abrir  
                                e  sentir  os  raios  de   sol  nascendo
                                         para  a  Terra  iluminar.

                                       É  maravilhoso  poder
                                     ao  Criador  agradecer,
                             por  ver  mais  um  dia  nascendo,
                              e,  os  primeiros  raios  de  vida
                         sentir  as  mãos  dos  anjos  tecendo.

                                   Poder  admirar  lá   no  céu,
                 as  nuvens  branquinhas  como  flocos  de  algodão,
                                 elas  são  travesseiros  de  amor
                                   que  acalmam   meu  coração.

                                  Sinto   os   anjos  do  Senhor
                           que  são  fontes  de  pura  energia,
                                  tecendo  luz  e  amor
                              abençoando  o  novo  dia.

                        
                           Abro  o  coração  para  ouvir
                            todos  os  ecos  da   vida,
                        e,  sinto  as  mãos  de  Deus
                        que  sempre  estão  comigo,
                         abençoando  minha  alma,
                    e ,  guardando  os  meus  amigos.

                           Em  cada  sopro  do  vento,
                     nos  pássaros   alegres  a  cantar,
                         no  doce  silêncio  do  orvalho
                            a  natureza  à  banhar,
                     eu  escuto  a  resposta  de Deus,
            que  aos  meus  ouvidos,  suavemente  vem  susurrar.

                           "  Eu  nunca  te  desampararei,
                             tu  estarás  sempre  Comigo,
                                e,  farei  como  meu  abrigo
                                 o coração  e  a  alma,
                   tua, e  de  cada  um  dos  teus  amigos. "


                                          florzinh@
                            Salvador - Ba   11/02/06
                                      04:10 AM
                        
                          
                     
       
               
       







                             
                                   

florzinha
Enviado por florzinha em 11/02/2006
Código do texto: T110442
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Socorro Teixeira de Castro ( Flozinha)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
florzinha
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
4138 textos (1194979 leituras)
5 e-livros (3402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:46)
florzinha