Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando os deuses choram em silêncio

Algo de dramático aconteceu
as trevas desceram sobre o Olimpo
a noite ocupou o dia
a felicidade a tristeza
o amor o ódio

Quando os deuses choram em silêncio

Tens mais emoções
do que o dinheiro
pode gastar
 esbanjando por isso
a tua alma
demasiado ao ocaso

Quando os deuses choram em silêncio

Partiste sem rasto
sem uma palavra de tristeza
não deixando sequer
o silêncio
apenas a tua insustentável ausência

Quando os deuses choram em silêncio

Sabem que chegou até eles uma alma nova
contrariada
que preferiam ver
aqui na terra
onde sofria
chorava
ria
gritava
amava
vivia
onde me faz falta
perto das emoções
que nos afastam da imortalidade
mas que nos fazem humanos
estupidamente humanos

Quando os deuses choram em silêncio

Poema protegido pelos Direitos do Autor
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 24/03/2006
Código do texto: T127742

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5077 textos (170321 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:47)
Miguel Patrício Gomes