Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao anjo guardião


Amigo,

Quando as forças confusas e densas
Removem a minha paz
Restando medos e desavenças
Na tranqüilidade que se desfaz

Ouço uma voz que se situa
No centro de minha consciência
Que torna a desesperança muda
Afastando qualquer má influência

Você é força inteligente
Matéria viva do amor
Que na alma se sente

A sua voz irradia calor
Aquecendo o peito comovente
E tão logo se distancia toda a dor...
Mar de Oliveira Campos
Enviado por Mar de Oliveira Campos em 17/04/2006
Código do texto: T140670
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mar de Oliveira Campos
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
77 textos (5348 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:14)
Mar de Oliveira Campos