Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reminiscências



Quando penetro teu olhar,
vejo nele alguém familiar.

É impossível não reconhecer
todas as emoções
que ele me proporciona.

Tua imagem estranha
é-me familiar.

Vi-te em uma foto.
Através dela tive a liberdade,
em alguns instantes,
de olhar profundamente
em teus olhos.

Mesmo tua imagem estática
fez-me recordar algo
a que minha memória recente
não tem acesso.

Os sentimentos surgem espontâneos
demonstrando a existência de algo
significativo e profundo.

Mas nossa realidade,
 reserva-nos momentos muito curtos,
sem espaços para falarmos
de nossas impressões, emoções e
sentimentos.

Apenas nossos olhos conseguem revelar,
veladamente...
uma pequena parte desta imensidão
de segredos que existe trancada em nós.

Neste momento quero esquecê-lo,
não me angustiar mais
com questionamentos sem respostas,
com nossos caminhos fechados.

Mas admiro tanto a magia deste amor!
Incondicional e espontâneo...
Não consigo liberar meu coração
destas emoções que,
ao mesmo tempo
fazem-me sofrer a tua ausência,
e também caminhar
com o coração cheio de esperança.

Um amor que me faz chorar
mas que alimenta minha alma
sedenta de vida.












Marcia Oliveira
Enviado por Marcia Oliveira em 07/05/2006
Código do texto: T151857

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Marcia Coelho - www.marciacoelho.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marcia Oliveira
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 45 anos
70 textos (5052 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:52)
Marcia Oliveira