Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VIDA POR UM FIO

Hoje o meu coração se entedia
E eu vejo no suor das minhas mãos
A vaidade de lutar sem a força do Senhor.

As portas são fechadas
E quando consigo abri-las
São mais pesadas que os céus.

Ao fechar um abismo em minha frente
Dois são abertos ao meu lado.
Ao fugir de um tigre às minhas costas
Dois leões se levantam à minha frente.

Os meus soluços noturnos
Ao deitar ao travesseiro
São a canção que eu ouço de consolo.

A minha dança
É o tombar trôpego do meu andar indeciso.
As minhas mãos pesam qual chumbo e os meus joelhos vacilam.

Composta em 1997
djalma marques
Enviado por djalma marques em 16/05/2006
Reeditado em 25/05/2006
Código do texto: T157438
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
djalma marques
Recife - Pernambuco - Brasil
67 textos (7455 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:19)
djalma marques