Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou Escritor, Sou Letra, Sou Voz, Sou Amor


A minha vida é repleta de casas:
As bibliotecas, as livrarias, os teatros,
Os museus, os auditórios, os cinemas,
Procuro a Cultura em todos esses espaços.

E se ela é o meu grande objetivo,
A Literatura é de fato a minha estimada espôsa,
Companheira de todas as horas, de todas as páginas,
Dando-me, caridosamente, beijos de versos e de prosas,
Presenteando-me com a comédia, com o suspense e com o drama,
Literatura que é um universo de uma imensa e sedutora chama.

Chama que envolve a nossa existência,
Tocha das letras, das palavras, dos hífens e das sílabas,
Fogueira dos gerúndios, dos particípios e dos decassílabos,
Ah... Sou escritor, sou letra, sou voz, sou amor,
Procuro a arte, a poesia, até mesmo numa pequena flôr,
Sou, com satisfação, instrumento da nossa língua portuguêsa,
Adimito: sou escravo, é ela que me usa de todas as maneiras,
A fim de que possa transparecer a sua grandiosa beleza.




Todos os Direitos Reservados pelo Autor.
Fábio Pacheco
Enviado por Fábio Pacheco em 02/07/2006
Reeditado em 02/07/2006
Código do texto: T186449
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Pacheco
Recife - Pernambuco - Brasil
1095 textos (55939 leituras)
10 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:05)
Fábio Pacheco