Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tormentos {Alguns Desabafos}


[Excremento]

É como me sinto quando sou injustamente ofendido,
Ouço palavras violentas que atacam minha natureza,
Palavras que vem sem avisar, provocando tristeza,
E na minha alma encontram um propício abrigo.

[Fermento]

Substância que aumenta o tamanho do bolo,
Na minha alma o fermento é minha fé cristã,
Tal fé que é posta em provação o tempo todo,
Interferindo na minha paciência e esperança.

[Movimento]

Movimento-me a fim de sair dessa intemperança,
Para sair de junto dos homens arrogantes e efêmeros,
Que insistem em me cercar, tais seres neurastênicos,
Almejo afastá-los até mesmo da minha lembrança.

[Firmamento]

É para onde quero enviar essas obscuras criaturas,
A fim de que encontre a minha frente apenas o amor,
Amor princípio, meio e fim, enfim: amor-esplendor,
Ah, poesia-melancolia, leva essa prece até as alturas,
Ó, versos de um coração ferido, vai, livra-me do meu:
 
[Tormento]




Todos os Direitos Reservados pelo Autor.
Fábio Pacheco
Enviado por Fábio Pacheco em 24/08/2006
Reeditado em 26/08/2006
Código do texto: T224614
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Pacheco
Recife - Pernambuco - Brasil
1095 textos (55955 leituras)
10 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 03:48)
Fábio Pacheco