Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta cansado.

Poeta cansado.

Agora, uma borboleta tem o peso de um elefante.
O elefante, o peso de uma Orca.
A Orca! Pesa nos meus sonhos como o cachalote.

Tento imaginar formigas e vejo camelos enormes.
Meus olhos lembram uma bigorna caindo na água.
Resisto mais um dia e minhas energia não mais emite sinais.

A única imagem leve é a de uma criança.
Que me chama para dormir...
jaeder wiler
Enviado por jaeder wiler em 27/08/2006
Código do texto: T226458
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jaeder wiler
Mantena - Minas Gerais - Brasil
359 textos (17376 leituras)
9 e-livros (8150 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:32)
jaeder wiler