Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANTÍTESE

ANTÍTESE


O gosto amargo lhe dá tristeza?
A prova do mel, alegria?
Quantas vezes terás que sonhar com a riqueza
para adquirir a consciência do que verdadeiramente teria.

A caminhada na beira do oceano lhe dá paz?
O cair da tempestade lhe dá receio?
A água vai ser sempre sua amigo, não tema,
pois o estar em cima ou embaixo são dois reflexos do único meio.

Poderia ver as estrelas de perto se quisesse,
na noite limpa é mais fácil de ver o reveillon celeste.
Com certeza pegaria uma a uma para minha companheira, ela merece.
Felizmente apenas um dos meus corpos se entristece
Quando o mundo gira, a visão do Sol aparece e o que é pesado lhe obedece.

Gostaria de lhes dizer mais, pois agora estou com sono.
Vou sonhar com a pesca para a fartura.
Acordar quando e como?
Não sei, só sei após entrarei de novo no mundo com sua bela feiúra.
Milton Roza Junior
Enviado por Milton Roza Junior em 08/06/2005
Reeditado em 04/06/2011
Código do texto: T23139

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Roza Junior
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 49 anos
97 textos (82807 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:59)
Milton Roza Junior