Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CASTELO DE AREIA

CASTELO DE AREIA

A terra carrega nossas lembranças nos lençóis do Maranhão,
esconde nossa infância bruta de menino ou apenas um arranhão
no concreto que nos agride, nos fere, que nos rouba como num arrastão.
A terra, com seu contacto direto nos alimenta de pegadas,
pegadas estas que se reconcilião no presente com o passado,
enobrece o nosso futuro e dá sentido ao nosso próximo ato.

É facto, nossa mente é como um punhado de areia, nas mãos do arquiteto.
Ele a molda de acordo com a posição dos astros a cima em prontidão,
com uma mão firme, ele nos hospeda no seu castelo de areia
e com a outra ele molda, nos acaba, se assenta confortavelmente em frente a nova obra e, finalmente, nos observa por muito tempo com afeto de mãe, pai, filho e irmão.
Milton Roza Junior
Enviado por Milton Roza Junior em 08/06/2005
Reeditado em 04/06/2011
Código do texto: T23152

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Roza Junior
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 49 anos
97 textos (82779 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:54)
Milton Roza Junior