Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando eu sonhar

Sonharei com paz dormindo entr'os guerreiros,
ignóbeis seres brutos dotando grave desapego,
despertando-lhes a alma  dos abismos escuros,
para se entenderem irmãos, de pego em pego!
 
Sonharei que o fogo etéreo das batalhas magas
clareará nas mais fundas raias almas qu’ errem,
ziguezagueando angustiadas nas baixas plagas,
descrendo nos céus,qu’eternas flores escorrem!
 
Sonharei jazerem tantos grilhões que flagelam,
confinando-nos ao cativeiro de matéria escrava
cai a graça quando nossos sentidos se rebelam
contra a infâmia impenitente que o fel escava!
 
Sonharei na paz vencendo  impulsos da guerra,
na ansiedade que nos enche o peito, a mesma
ansiedade qu’unge o vão entre o céu e a terra,
com anelos perfumados de felicidade suprema!
 
Sonharei qu’esse Universo é uma casa pequena,
onde todos os moradores se esbarrem sorrindo,
feito avoengos irmãos da grande família serena,
zelando uns dos outros,eternamente s’amando!
 
Santos-SP-24/09/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 24/09/2006
Código do texto: T248436
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:07)
Inês Marucci