Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VEREDAS VERDES


Estamos neste mundo,
para quebrar ferrolhos
precisamos apagar as luzes
e sermos conduzidos
por veredas verdes.

A caminhada é inevitável,
pode trazer fome e sede
mas a busca, incessante
do pão nosso de cada dia
esconde o segredo da felicidade.

Através das Veredas Verdes
chegamos à Fonte,
ao pote de mel.
Ainda é preciso
vomitar o pesadelo
revirar o lixo
reciclando o sonho.

Precisamos também
girar no próprio eixo,
rodopiando nas ilusões,
domando o corpo,
pisoteando nos entulhos.

Nessa viagem
contatamos a magnitude
da Mãe Terra,
respiramos no ritmo
do grande Universo e,
o pulsar do nosso coração
retorna à origem: humano!

Ver o raiar do Sol
nas Montanhas do mundo
pode ser o grande prêmio
da coragem de expor-nos
colocando os pés no chão,
atravessando as veredas,
sentindo o verde na pele
e redescobrindo a emoção do Amor!
Rosa Dias
Enviado por Rosa Dias em 08/10/2006
Código do texto: T259729
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Dias
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
39 textos (6701 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:29)
Rosa Dias