Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espiritual



Nos abrigos do subconsciente
O homem é um multi - volante
Mas querem que usemos cabresto
Querem nos definir
Pra que definhemos
Mas se somos delfins :
“ Nos deixem em paz ”

A liberdade é um alarido ancestral
Alimentando a coragem espiritual

Fazer o bem ser bom

Até diante de um temível
E frustrante cotidiano
Ser um átomo distinto
Superando o próprio instinto
Viciado num ópio extinto
Aliviando as mazelas
Das insanas vertentes humanas

A liberdade é um alarido ancestral
Serenando uma tempestade espiritual

Jóia única de um infinito cósmico
Ritual
Enviado por Ritual em 15/10/2006
Código do texto: T265145
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ritual
São Paulo - São Paulo - Brasil
92 textos (2222 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:12)
Ritual