Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Voz da alma




Quanta sabedoria na voz da alma
Aprender ouvi-la é uma arte
Dentre todas a mais bela, encanta-me a sua calma
No espreguiçar da manhã,
Ela sussurra no cantar dos pássaros
Fluindo...bate asas...gorjeia com afã
Essência da vida habita nela
Lamento momentos passados
Em que a deixei sozinha, abandonada na janela
Espiando estragos feitos apressados
Eu, cega e surda aos sinais e aos chamados
Agora, anseios fora
Cerro os olhos...aguço os sentidos
Penso nos tempos idos
A acaricio...flutuo e embarco
Percebo qual trilhar será sofrido
Escolho flutuar d’alma e sem pressa
Remanso no seio do seu barco



Regina Romeiro
Enviado por Regina Romeiro em 31/10/2006
Código do texto: T278305

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Regina Romeiro
São Sebastião - São Paulo - Brasil
475 textos (28770 leituras)
4 áudios (704 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:14)
Regina Romeiro