Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

o nada

às vezes parece
que sentimos
o nada
e é ele quem nos aquece
numa tola noite de frio
vazio
é como chamo
a exaustão do pensamento
vão ou não
mas tão amplo quanto
o nada


Visconde de Mauá, RJ, 03/11/2006
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 03/11/2006
Código do texto: T280992

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144461 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:14)