Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU AMIGÃO

MEU AMIGÃO
Marcial Salaverry

Amigão, meu querido Amigão,
te peço de coração,
para minimizar o prejuizo,
que ponha um pouco de juizo
na cabeça desses alucinados,
que com atos desalmados
levam tanta dor,
espalhando o terror
pra tanta gente inocente,
que sequer presente
o que está acontecendo,
e a teu lado já vai aparecendo...
É terrorista, é fanático religioso,
é traficante, é assaltante perigoso...
Caramba, só pensam em maldade...
Cadê a solidariedade, a fraternidade...
Como nossos animais e nossa natureza,
são artigos em extinção...
Falando em Natureza...
Concordo que ela tem que se chatear...
Mas porque tanto assim se revoltar?
Tornados, furacões,
tsunamis, inundações...
Sabe Amigão...
Começo a pensar
que Você está pensando em tudo recomeçar...
Pode até ser uma boa idéia...
Só que vai precisar
barro de melhor qualidade arranjar...
Desculpe a falação,
mas estou muito triste, querido Amigão...
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 11/11/2006
Código do texto: T288505
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 78 anos
19867 textos (1963634 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:09)
Marcial Salaverry