Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Obrigado


como você pode pegar as suas coisas e de uma hora pra outra
se desfazer delas?
como parar de se saciar nesses seus vícios indomáveis?
como parar de enfrentar essas aventuras que DEUS te selecionou?
como se deliciar em cada fonte de conhecimento que vem até você?
obrigado Amor
obrigado Paranóia
obrigado Majestade Consciência
obrigado Perdão
obrigado Fraqueza, Obrigado Majestade humilde

como posso eu me unir a amigos
que disparam chamas por todos os lados?
como posso eu precisar de ajuda e união a cada segundo que me resta?
como esta infindável arvore de sentimentos
pode nos fazer contribuir pra que jamais sejamos esquecidos?
como sentimentos verdes em harmonia podem nos invadir em plena Fé?

obrigado Margarida
obrigado Cosmos
obrigado Amém
obrigado símbolo que me protege
obrigado Consolação

a hora em que eu deixar minha alma me levar
será a hora em que eu terei a mim mesmo de volta
o momento em que eu pular e não mais voltar
será a hora de enfim eu me libertar

como alguém pode ser assim tão fetichista?
como pode você se lembrar dos erros do teu irmão
e esquecer de tua genealogia Divina?

como pode querer você ser bajulado pelos mais humildes
e esquecer de atendê-los quando precisam?
como podem as perguntas mais sábias
serem caladas no momento em que o mais pobre questiona?

obrigado Sagrada Terra
obrigado Agonia
obrigado perseverança
obrigado Onipresença
obrigado a Mim Mesmo...
Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 14/11/2006
Código do texto: T290697
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70518 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:58)
Rônaldy Lemos