Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIAGENS NO TEMPO II (O DESDOBRAMENTO)





             VIAGENS NO TEMPO II (O DESDOBRAMENTO)

Preciso andar a 120,
Pois há sempre vinte conflitos engarrafados
Em gargalos que me impedem  voar.

A água do mar me beija os pés no passo seguinte;
E a chuva me refresca a alma mergulhada em tantos
nadas,
Afogada em um oceano de dúvidas que por ora não sei nadar.

As aves voam lado a lado, formando um ângulo correto, num cenário Da Vinci;
Indicando-me o norte para onde devo rumar.

Todavia, a vida toda.
Sempre considerei que o certo é o certo,
O errado... o diabo que repinte.

Diabo...! Desmancho e acabo com tudo que havia montado;
E me vejo todo desarrumado;
Em todas as certezas que julgava acertado.
E agora...?- agora o começo do recomeçar?

Meço, como...?  Como que é o recomeço?!
Diante do direito e do avesso...?!

Instante zero, Inércia.
Momento de repouso... Print...!

Minhas células rememoram suas memórias,
Justificando a necessidade de startar.

Visão dilatada,
Percepção melhorada;
Responsabilidade se pressente.

Hora da partida...!
Parto, partido em pedaços,
Juntando as minhas sementes e os meus bagaços.
Revendo toda a bagagem
Que exige a viagem,
Para reaprender a ver
Como verdadeiramente se deve ser.

Pois viver é tão simples,
Basta querer
Tudo o que se tem a oferecer.

Soa o sino no agora olvido ouvinte...
É hora de despertar.

PEDRO FERREIRA SANTOS  (PETRUS)
28/11/06...Praia da Barra / RJ





Petrus
Enviado por Petrus em 28/11/2006
Código do texto: T304292

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Pedro Ferreira Santos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Petrus
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
173 textos (26458 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:30)
Petrus