Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estranho


Cansado de tanto andar sentei-me á beira do caminho
Com sede e com fome, pois há dias não me alimentava.
Quando de repente vi uma estranha criatura se aproximar
Parou em minha frente, pediu licença enquanto sentava.

Ofereceu-me água e um pedaço de pão, eu aceitei.
Quase num gemido,olheipara o céu e disse:- obrigado Senhor.
Ele sério olhou para mim e perguntou, a quem agradeces.
Eu respondi: -agradeci a Deus meu pai vosso pai.

Bem sério ele disse,eu sacieisua sede e alimentei teu corpo.
Em vez de me agradecer, agradeces a quem nada te deu.
Pois estavas aí atirado como um traste pelo chão

Então envergonhado fechei os olhos,baixei a cabeça e chorei.
E quando me levantei para explicar, ele não estava mais ali.
Apenas ouvi seu riso e sua voz dizer: -sou Jesus meu irmão.
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 31/07/2005
Código do texto: T39129
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:28)
Volnei Rijo Braga