Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Seara

Minha Seara

Eis que aqui na vida estou e continuo
Teimosamente acreditando que hoje...
Abençoada esperança em bendita oferta
Quem rega a planta da semente a liberta!
Molhando-a com lágrimas nas horas mais cruas
Enxugando-a nas brisas doces cálidas e nuas
Acariciando-a com as chagas de calosas mãos
No espinhoso eito de endurecidos corações
A partir do próprio, em constante carpina
Libertando a colheita de erva daninha!

17/08/2005
Marilu Santana
Enviado por Marilu Santana em 17/08/2005
Código do texto: T43338
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marilu Santana
Paulista - Pernambuco - Brasil
204 textos (37058 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:31)
Marilu Santana