Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


                                          P A R T I D A

                          O  corpo  frágil,  quase  inerte,
                          já  não  sentindo  mais  dor,
                         se  vê  cercado  de  anjos,
                         que  vêm  acolhê - lo  com amor.

                         Sente  na  alma,  a  dor  da  partida,
                         sua  missão,  na  Terra  acabou,
                         seus  olhos ,  cerram  lentamente,
                         em  um  anjo,  já  se  transformou.

                         Cercado  de  todos  que  ama,
                         seu  espírito,  também  chora,
                         e,  pedindo  ao  Senhor  conformação,
                         com  os  anjos  de  Deus  ele  ora.

                         Fica  à  tudo  observando,
                         não  consegue  entender,
                         o  seu  corpo ,  está  sem  vida,
                         e,  seu  espírito,  acabando  de  nascer.

                          Vê  seu  corpo  sendo  enterrado,
                          amigos,  e  família  à  sofrer,
                          e,  ele  que  agora  é  espírito,
                          também  sofre,  sem  nada  poder  fazer.

                          Retorna  à  sua  casa  querida,
                          onde  na  Terra  viveu  sua  vida,
                          e,  sabe  que  está  na  hora,
                          do  adeus,  da  despedida.

                          Como  num  sono  profundo,
                          despede - se  de  tudo,  e  parte,
                          seu  espírito,  faz  uma  longa  viagem,
                          e,  desperta  prá  outro  mundo.

                          Sua  chegada,  é  confusa,
                          se  vê  diante  de  dois  mundos,
                          mas,  seres  espirituais  o  acolhem,
                          e,  seu  espírito  iluminado,  entende  tudo.

                           Se  sente  cercado  de  amor,
                           naquele  lugar  tão  lindo,
                           cantos  suaves  a  tocar,
                           flores,  perfumando  o  infinito,
                          é  a  morada  do  Senhor,
                          lá,  só  reina  alegria,
                          lá,  não  existe  a  dor.


                                
                          

                   
florzinha
Enviado por florzinha em 31/10/2005
Código do texto: T65832
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Socorro Teixeira de Castro ( Flozinha)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
florzinha
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
4138 textos (1194648 leituras)
5 e-livros (3402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:19)
florzinha