Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desnudando Minha Alma

Desnudo minha alma, nesta poesia onde o amor me conduz,
Caminhar por entre nuvens, onde o encanto seduz,
Minha alma ausente de mim, a vagar pelo sonho,
Desse amor sem fim, onde a treva vira luz,
Onde a noite vira dia, contemplando a poesia,
Que seu brilho irradia, em um raio em esplendor,

Desnudo minha alma, nesta poesia onde o amor me conduz,
Me enchendo de alegria, me aliviando o peso da cruz,
Que carrego pela vida, entre quedas e tropeços,
Mas que assim fortalecida, em direção a luz,
Que brilha sempre a minha frente,
E só ela pode me guiar, onde com certeza,
O amor verdadeiro lá está,

Desnudo minha alma nesta poesia, onde o amor me conduz,
De esperanças contidas, de certezas, de promessas,
Que me fizeram nesta vida, muitas já foram cumpridas,
Outras se cumpriram, mas todas certamente,
Objetivas serão, mesmo as não cumpridas,
Nesta vida se perderão, mas quem sabe na próxima,
Concretizar-se poderão, sigo meu caminho em direção a luz e,

Desnudo minha alma nesta poesia,
onde o amor me conduz.
Negra Poetisa
Enviado por Negra Poetisa em 26/09/2007
Reeditado em 17/07/2017
Código do texto: T669392
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Negra Poetisa
Porto Seguro - Bahia - Brasil
342 textos (21143 leituras)
14 áudios (922 audições)
3 e-livros (354 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 18:24)
Negra Poetisa