Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALMAS AFINS

Quantas possibilidades existem
para reencontrar almas?
Como transpor uma vasto mar,
fronteiras quase impossíveis de cruzar?
Somente com o lançar de palavras soltas,
viajando e transpondo
as montanhas, os mares e os montes
construindo uma ponte, um contraponto.
Vasculhando a terra, o vasto horizonte
reconstruindo o que houvera antes
Numa outra vida, almas afins.
Um outro sistema, outra Era
trazendo você pra perto de mim.
Quantas vidas vivi?
Em que tempos te vi?
Meu cavaleiro branco!
Envolto em brumas e dunas
Inúmeras vezes quis pousar em teu ombro
colibri.
O que fostes de tão sagrado pra mim?
Um pai, um irmão, amante, em fim?
O que fostes de tão forte assim?
Um vulcão, uma tempestade sem fim...
A vida te levou pra longe de mim.
Nessa procura eterna,
O universo se condoeu
e trouxe você de volta pra mim.



Gladys
Enviado por Gladys em 01/10/2007
Reeditado em 25/02/2008
Código do texto: T676129

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gladys
São Paulo - São Paulo - Brasil
350 textos (28074 leituras)
1 e-livros (105 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 04:10)
Gladys