Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solilóquio com Deus

- Pai, com qual arma se defenderá meu coração?
- Com o Amor - sussurrou-me Deus
- Não sei usar esta arma Pai
- É porque não é uma arma
- Então não entendo
- É um escudo
- Escudo não é arma?
- Não, é proteção. Com ele nenhuma arma te ferirá
- Ah...
- Ensina-me Pai
- Só você pode aprender, filha
- Quem sou eu Pai?
- Luz da minha Luz
- Obrigada Pai
- A verdade não é algo a ser agradecida mas sim aceita
- Ajuda-me Pai
- Ajude-se filha
- Estou fraca
- Mas EU sou forte
- Nada sou Pai
- És LUZ da minha LUZ
- Tenho medo Pai
- Porque não confias
- Eu quero Pai
- Então permita-se filha
- É difícil Pai
- É com esta palavra que constói os muros que te aprisionam
- Livra-me Pai
- Liberte-se filha
- Ama-me Pai
- Ame-se filha
- É difícil Pai
- Você é maior que os muros que construistes e as prisões em que te aprisionas
- Leva-me Pai
- Venha minha filha
- Venha meu Pai
- Já vim minha filha
- Não o vejo Pai
- Sou o bater do teu coração, o calor que o faz pulsar. Quando abandono o coração e volto a mim ele esfria e sem meu calor NADA o faz bater. Você sabe, o coração é o sol do corpo
- Sei Pai
- Minha Luz, EU a amo
- Eu também quero Pai, amar a mim
- Então ME ame. EU SOU VOCÊ. NÓS SOMOS UM

- OBRIGADA DEUS.
- OBRIGADO LUZ.
Lady Loen
Enviado por Lady Loen em 01/10/2007
Código do texto: T676498
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lady Loen
Taubaté - São Paulo - Brasil, 41 anos
109 textos (18652 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 22:22)
Lady Loen