Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

lembraste da tua tormenta

tu que pecastes por ódio
saiba:
lembraste da tua tormenta.
porque voce foi capaz de agredir tanto a alma
foi capaz de agredir tanto o amor
capaz de agredir tanto a vida
capaz de agredir tanto o espírito.
tu que não sabias amar
destruiu-o no olhar
teus desejos
foram o principio
para acabar com uma paixão.
meu filho
eu sempre lhe ensinei que na vida nada se pode obstruír
porque se isso acontecer
voce verá a grande fúria que lançarei contra voce
pescador do rancor
tu não mereces o meu amor
voce só merece tristeza e dor.
Profeta do Amanhã
Enviado por Profeta do Amanhã em 14/10/2007
Código do texto: T694158
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Profeta do Amanhã
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 32 anos
3820 textos (123749 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 06:42)
Profeta do Amanhã