Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Vida


Lá fora o mundo anda
Tudo bem que, às vezes, por caminhos tortuosos
Mas o mundo anda

Pessoas voltam do trabalho para casa
Talvez já pensando no pouco tempo que resta
Entre o final da jornada  e um novo amanhecer
Quando iniciarão mais um ciclo de suas vidas

Todos com uma única certeza
Chova ou faça sol, noite ou dia
Não há como interromper esse processo
O mundo anda, sem precisar de guia

Semblantes, os mais diversos possíveis
Muitos trazem o cansaço à tona
Alguns poucos, disfarçada alegria
Há aqueles, quase imperceptíveis
Como que indiferentes à tamanha correria

Mesmo estes, aparentemente tão distantes
Perdidos, numa caminhada indefinida
Não fogem à predestinação, sempre tão constante
De interagir no processo da vida

Ninguém é excluído ou poupado
A vida não escolhe rostos, classes ou estilos
O mundo precisa de todos, este é o legado
Para quem, por algum motivo, foi escolhido

Ainda que nem sempre nos momentos desejados
As coisas terrenas amoldam-se de forma surpreendente
De início, causam sofrimentos; até mesmo dor latente
Perguntamo-nos a justa causa de tanto pranto derramado

Contudo, tantas, tantas e tantas vidas
Que importa se bem ou mal vividas?
Dias, meses, anos...encarregar-se-ão de mostrar
Provavelmente da forma mais sutil de se notar

Que o mundo precisa andar
Para que cada Ser cumpra a sua parte
Emoldurando essa grande obra de arte
Que é a vida, qual bem maior não há.
André Luiz Ribeiro
Enviado por André Luiz Ribeiro em 21/10/2007
Código do texto: T703115

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Luiz Ribeiro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 50 anos
59 textos (4421 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:22)
André Luiz Ribeiro