Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Remando, Rumando e Rimando

Devany A. Silva


Lá vem um navegante de águas turvas
equilibrando seu barco nas corredeiras.
Vem remando, rumando e rimando,
procurando por águas sereneiras.

Segurando com firmeza no timão
e prosseguindo a viagem com atenção,
ouve do Sábio a direção:

“Quando aparece a escuridão,
dizem que o Sol se foi.
Na verdade o Sol nunca se vai
e seu reflexo, através da Lua,
continua sua missão.

Chega o dia e passa a noite,
mas há sempre o Sol com seu clarão
e nessa Luz, meu bom irmão,
eu encontro a Visão
do Senhor da Criação.“.

Ouvindo o Sábio,
pergunto-me com emoção
e também com devoção:
Será que o Grande Sol,
que é a mais Pura Clareza,
vem nos lembrando que a grande lição
é acender a Luz do coração
e aprender a conservá-la acesa?

(do livro ALGUNS VERSOS, TALVEZ POESIAS... - Devany A. Silva)

 
Poeta Devany
Enviado por Poeta Devany em 18/11/2005
Código do texto: T73123

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Devany
São Paulo - São Paulo - Brasil, 64 anos
56 textos (3312 leituras)
3 áudios (184 audições)
1 e-livros (29 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:44)
Poeta Devany