Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLUTUAÇÕES

Flutuava  meu  pensamento  pelo espaço,
mesmo sem rumo,sem destino ia seguindo,
o meu EU ia imprimindo o meu compasso,
chorando, mas andando o meu  caminho.

Procurava  com  sorriso  disfarçado,
fazer crer que tudo era bem normal,
muitas vezes o  sorriso era forçado,
outras vezes, uma máscara no final.

Cada rumo que procurava empreender,
tinha  sempre, um  destino almejado,
que não fosse apenas, um só querer,
outras  vezes um engano era notado.

Esta é a vida desta forma  como é,
com enganos, desatinos  e tudo mais,
vamos indo,prosseguindo sempre e até,
retornamos  ao começo, voltamos  atrás.

E meu sonho que ficara bem além,
esquecido, postergado pro futuro,
flutuava no espaço  sem ninguém,
que pudesse dar sentido, novo rumo.

24/12/03

Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 12/11/2007
Código do texto: T734525
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (112344 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 07:53)
Vanderleis Maia