Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem quiser saber

   
Quem quiser saber,da vida,
a verdade que ela encerra,
tem  que  nascer e morrer
muitas vezes nesta terra.

É preciso relegar,
todos os males deste mundo
e não se deixar levar
pelos prazer nauseabundo.

Pela própria consciência
de  quem chega, a saber,
um caminho é  sapiência,
o outro é se conhecer.

Se conhecer é preciso,
estudar  é necessário,
pois estudo sem saber,
é mesmo que cão sem faro.

O faro de quem procura,
uma  vida verdadeira
é o remédio que cura
a ânsia última e primeira,

Nos estertores do ciclo,
da idade que ora avança,
o homem, para se encontrar,
tem que  se tornar criança.

Criança em um sentido,
na  pureza e no saber,
na tolerância da vida,
no respeito e no querer.

O farol que ora guia,
o homem do fim do século
é a luz que alumia,
é sinfonia com eco.

O  eco sempre repete,
a luz sempre ilumina,
a luz se dispersa em cores,
o eco logo termina.

O ruminar é preciso,
no homem que quer saber,
o  ruminar das palavras,
do pensamento e do ser.

Quem não sabe que o eco
foi  amante de narciso,
e por causa deste amor,
que narciso fez-se flor?

Na trilha da evolução
só não sobe quem não quer
ou  quem não sabe a razão
ou quem nunca quer ter fé.

Nunca uma  fé que mata,
mas uma fé que sustente,
pois o cão que muito ladra,
é o que tem menos dente.

Para o homem do momento,
que pensa em se encontrar,
tem que voltar-se para dentro
e sair para lutar.

Quem tem a fé e razão,
o  estudo  e  o saber,
está perto da conclusão
do  mundo que há de ter.

É necessário
estudar,
entender,
conhecer,
transmitir e dizer
por palavras,
por atos,
a razão do saber.

Sem ferir,
sem ofender,
com verdades sem máculas,
sem ostentar conhecer.

Pois quem diz entender,
mas sem explicar,
sem se fazer entender,
na  verdade não sabe,
o que  está  a fazer
nem tão pouco a dizer.

Quem quiser entender
da vida a razão
tem que viver,
nascer e morrer,
sem nunca ferir.
No mundo em que vive,
ou pensa viver.


03/05/82
Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 21/12/2005
Código do texto: T89127
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (110804 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:31)
Vanderleis Maia