Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIVAGANDO (PAPA)

Pelo mundo peregrinei levando a paz.

Beijando o chão em minha chegada,

saudando a Mãe Terra.

Em cada pedaço eu deixei o meu amor.

Procurei mostrar a todos o

caminho da paz.

A harmonia entre os homens.

Minha vida foi em função da elevação

desse planeta e sua ascensão.

Mesmo com todos os meus erros,

pois humanos somos,

eu procurei consertar cada passo dado,

cada palavra dita.

Mesmo sem capacidade peregrinei

e minha presença era constante

a cada cerimônia.

Deixarei a minha imagem de amor,

a toda a humanidade.

E continuarei minha caminhada

em outras dimensões onde o Pai

me espera para uma nova jornada,

pois somos espírito e nunca nos findamos.

Apenas trocamos nossa roupagem.

Sigo meu caminho levando saudades

dessa terra que tanto amei.

Mas minha energia estará sempre presente

emanando amor a todos.

Pois sem o amor esse mundo não

terá a paz tão sonhada por todos.

Eis que minha hora é chegada

e tenho que partir.

Levantarei meu vôo e me libertarei

dessa carcaça que ora finda

e a qual agradeço, pois me deu

condições de ser o que fui.

Um peregrino do amor e da paz

em nome de Jesus, nosso irmão

vivo dentro de cada ser.

Deixo minha benção a cada ser desse

imenso planeta que habitei e lutei

com todas as minhas forças

para que houvesse mais amor

e menos guerra.

Mas esse dia ainda chegará e

com essa esperança sigo

liberto para minha verdadeira

casa.



Se eu fosse o Papa,

deixaria essas palavras.

Esse foi apenas um divagar

em meus vôos liberto

onde minha alma

é livre para voar

e planar todas as dimensões.

Que fiquem em paz

todos que amo.



zelisa camargo

01.04.05







ZEL
Enviado por ZEL em 03/04/2005
Código do texto: T9400
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33939 leituras)
8 e-livros (803 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:15)
ZEL