Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AONDE VAIS?

aonde vais Tu, Maria, com essa pressa?
(ah! por favor, explicação não me peça!)
vais colocar, no Amor ferido, compressa?
tens necessidade de consolação à beça?

por que corres com esse ar determinado?
(deixe-me, Voz que me inquire, é tenaz!)
não sabes, pois, que tudo está terminado?
que naquele túmulo Seu Corpo agora jaz?

não corras, Maria, ou poderás assim cair,
(ó Voz que me persegue, tenha piedade!),
e se caíres, essa queda poderá te distrair,
ou poderás Te ferir com alguma gravidade!

olha, olha, lá, está Alguém à Tua espera,
(ó abençoada Hora que afinal me chega!)
diminua o Teu correr (ah, quem me dera!),
que a Hora da Verdade a Ti já se achega!

eis que, chegando ELA à tumba, o Seu coração se cala,
e uma doce Voz lhe diz: 'aonde vais, Maria de Magdala?'

Selena et Moacir 2006
brilhe a vossa LUZ!


no primeiro dia da semana Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada,
sendo ainda escuro, e viu que a pedra fora removida do sepulcro (João 20:1)

apareceu primeiramente a Maria Madalena (Marcos 16:9)
Moacir et Selena
Enviado por Moacir et Selena em 09/02/2006
Reeditado em 09/02/2006
Código do texto: T109721

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome dos autores e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moacir et Selena
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
736 textos (71178 leituras)
8 áudios (1059 audições)
5 e-livros (2339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:35)
Moacir et Selena

Site do Escritor