Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Grito

“Das profundezas eu clamo a vós, Senhor, escutai  a minha voz! Vossos ouvidos estejam  bem atentos ao clamor da minha prece!”
(Sl 129/130)

O poço é fundo
escuro e assustador
A angústia me sufoca.
Senhor, cadê sua mão?
O Senhor não é a Luz?
O Senhor não é o Caminho?
Veja quão grande é minha dor
e pequena minha fé.
Mas tento rezar...
Então grito bem alto
E o Senhor escuta
meu grito que saiu da alma!
fernanda araujo
Enviado por fernanda araujo em 28/02/2006
Reeditado em 01/03/2006
Código do texto: T117070
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
fernanda araujo
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (204335 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 17:07)
fernanda araujo