Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ciranda com Deus

Povos vizinhos, alguns com àgua,outros petroleo,
ambos monopolizando algo que  nao lhes pertence,
semeado pelo grande Deus em vasto terreno floreo,
a ser dividido por qualquer individuo que pense!

Hà carência de fé!,e por tanto temerem a miséria,
nossos vizinhos se abstém da recomendada harmonia,
que à massa coesa,irrestritamente a riqueza faria,
e num interâmbio sensato a ninguém nada faltaria!

Sao represas estocando potàveis e dulcissimas àguas,
disparate irremediàvel e cruel secando tantos rios,
que o mar nao poderao engrossar, ficando tao vazios,
em face de tantos pélagos afundando em duras màgoas!

Falta pouco a chegar o dia de armas ociosas e mudas,
onde a interaçao ativa serà mais mental e emocional,
provendo de tudo que é essencial às longas estradas,
e faces serao sulcadas com risos,nao tristeza mortal,

e nenhum ser humano poderà invejar o beneficio alheio,
porquanto a herança divina universal, imparcial, visa
uniformemente uma humanidade cheia do amor sem freio.
Sentir o encantado perfume floral,oh dom que humaniza!

Em sorriso sonoro de meiguice,Deus paterno agradecerà
a nossa dormente consciência tardia, contudo eminente,
que terà desperta por fim, a semente fincada na terra,
que na candura da fé resplandecerà hoje e eternamente!

Grenoble-Fr-03/05/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 03/05/2006
Código do texto: T149756
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:38)
Inês Marucci