Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Te vi passar

Ali estava o teu legado
Talvez, antigo pecado

Te vi passar

Vi também o sangue
A lhe percorrer o rosto
Chorei 
Por tua triste caminhada
Maldita jornada
E fui assim te acolher

Te dei a mão

E sob um tenso olhar
Amei-te ali então
Guardei a tua imagem, Pois eu

Te vi passar

E como de joelhos
À tua frente
Parei absorta e ensandecida
Traguei o meu silêncio
Lancei 
Voz incoerente

E ao te dar
De novo a mão
Só te pedi perdão
Pobre rosto 
Apunhalado
Pela traição

E ali estava o sangue
De milhares
A verter
Meu manto, peguei então
Daria a minha vida 
Pra te socorrer

Tua mensagem, ali se ilustrou
E para regozijo eterno
Teu belo rosto se amoldou

Te deixei então passar
E percebi no teu profundo olhar
A gratidão

Verônica, sou Eu, mulher
Que ama em segredo
Cristo, na paixão

Verônica é o nome da mulher que, segundo a tradição, enxugou o rosto de Jesus. O próprio manto em que a sua imagem ficou gravada tem esse nome simbólico "Verônica".

O Guardião
Enviado por O Guardião em 27/07/2006
Reeditado em 23/11/2011
Código do texto: T202961
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34444 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:40)
O Guardião