Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARADOXO

PARADOXO
És tu o outro distante;
Mas que sempre estás próximo;
És tu que revelas;
Mas nunca se vê
És tu que não é visto
Mas sempre presente
És tu que és ignorado
Mas sempre adorado
És tu que falas;
Mas os sentidos, não ouves a tua voz
És tu que exiges adoração absoluta
Mas em muitos lugares, suportas a adoração de ídolos;
Es tu que olhas o homem, adorando anjos caídos, por traz de imagens achadas em rio;
Es tu todo diferente
Ficas calado, esperando o dia do julgamento;
Tu és muito além
Também tu és daqui, verbo encarnado;
Tu és adorado, entendido, visto e adorado...
CIRLON PEREIRA
Enviado por CIRLON PEREIRA em 12/10/2006
Código do texto: T262654

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CIRLON PEREIRA
Ilhéus - Bahia - Brasil, 44 anos
208 textos (24668 leituras)
12 áudios (364 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:38)
CIRLON PEREIRA