Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VOLTA DO FILHO PRÓDIGO.


HINO N°-83.
Letra e Música de Manoel Lúcio de Medeiros.
Palestina –Mauriti –Ce. 26/Setembro /1980.

Certo homem tinha dois filhos,
O mais novo veio e disse ao seu pai:
Pai dá-me à parte que me pertence,
Quero o que é meu, quero todos os meus bens!
E depois de muitos dias,
Para um país longínquo emigrou!
Lá dissipou tudo que tinha,
Com meretriz, seu dinheiro gastou!

Veio grande fome ao país,
Procurou serviço, e foi trabalhar,
Apascentando porcos no campo,
Com alfarrobas quis se alimentar!
Muito arrependido pensou:
Tanto pão eu tinha, morrendo estou!
Levantar-me-ei e direi ao meu pai!
Contras o céu pequei, contra ti, Oh! Meu pai!

Quando ele vinha bem longe,
O seu pai o viu comovido ficou,
E abraçando, seu pobre filho,
Cheio de amor, o seu rosto beijou!
Meu pai eu pequei contra o céu!
Contra ti pequei muito triste estou!
Já não sou digno de ser teu filho,
Como escravo, me aceita meu pai!

Trazei depressa a veste melhor,
Põe anel no dedo, e calçados nos pés,
Porque este meu filho, estava morto,
Estava morto e reviveu!
Porque este meu filho perdido,
Estava perdido e eu achei!





Direitos autorais reservados.
Malume
Enviado por Malume em 25/10/2006
Código do texto: T273357
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16874 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:35)
Malume