Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ROMEIRO DA ANATÓLIA

I

Voando em longas asas de condor
partiu da Urbe Eterna o fiel Romeiro
com pompa, circunstância e pundonor
pousando na Anatólia bem ordeiro.

As ideias polémicas ficaram
para trás junto ao Tibre venenosas,
nova auréola de paz edificaram
florindo em vez delas brancas rosas.

O mundo das paixões se diluiu
na saudação de paz e de amizade
que o cordial Romeiro proferiu.

Reposto desta forma em equidade
um gesto de harmonia o mundo viu
e com ele o desejo da Verdade !


II


Toda a Escritura tem verdades pertinentes
pois sua origem com certeza é revelada
àquele profeta que dirige suas gentes
em prol do bem e da justiça ambicionada.

Se o seu legado não se cumpre na mensagem
sinal será que em suas mentes se alojou
aquela inveja que no Éden foi miragem
gerando o fogo que sua alma incendiou.

Quem disse haver cá nesta terra dois Senhores?
Um, toda a gente diz, tem nome de Riqueza;
outro é o Poder, será qu’ alguém já viu maiores ?

Nesta questão se o deus Poder virar fraqueza
o deus Riqueza perderá os seus fulgores
e as nobres almas voltarão a ter grandeza !



Frassino Machado
In ODISSEIA DA ALMA
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 01/12/2006
Reeditado em 01/12/2006
Código do texto: T306422
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FRASSINO MACHADO
Odivelas - Lisboa - Portugal
1600 textos (43944 leituras)
20 áudios (813 audições)
2 e-livros (19 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 00:58)
FRASSINO MACHADO

Site do Escritor