Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O BOM OLEIRO

Deus me deu o dom de amar
e certamente nunca há de acabar
veio comigo ao nascer para ficar
enquanto viver hei de compartilhar

Ma minha jornada, embora machucada
o amar sempre fica como intacto
como um vaso de barro, desmantelada
O bom oleiro vem e deixa-o exato

É esse eterno reformar que me sustenta
me levando, passo a passo, a vitória
no caminho Alguém sempre me alimenta
a esse Alguém, toda a honra e glória

A cada amanhecer do novo dia
Ele me promete felicidade e alegria
para Ele sou uma bela flor
Dele, tenho o verdadeiro amor.



sue2001






 
Sueli do Espirito Santo
Enviado por Sueli do Espirito Santo em 05/08/2005
Reeditado em 09/03/2014
Código do texto: T40523
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sueli do Espirito Santo
Santo André - São Paulo - Brasil, 65 anos
1456 textos (234553 leituras)
1 e-livros (109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:54)
Sueli do Espirito Santo