Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Cura dum Paralítico

Inspirado no evangelho segundo  João5: 1-15   (64)
        A Cura dum Paralítico
                    I
Mais de trinta e oito anos,
Um paralítico, a Betesda ia!
Em todos, apanhava desenganos,
Pois, outro mais lesto o antecedia!
                   II
Mas, sua fé, não desfalecia,
Continuava o milagres, esperando!
A sua fé, era mais forte cada dia,
Sempre persistindo, e lutando!
                  III
As águas, o anjo agitava.
Todos tentando, entrar primeiro!
Assim aquele paralítico, não alcançava,
Continuava planeando o ano inteiro!
                    IV
Certo dia, Jesus parando, observava,
Toda aquela luta, pela primazia.
O aleijado coitado, não galgava,
Então o Senhor, a palavra lhe dirigia!
                    V
Tu, do teu mal, queres-te livrar?
Senhor quero, mas; não posso correr!
Logo Jesus, o mandou levantar,
Estás curado. Podes a cama recolher!
                    VI
Estando ali, os fariseus meticulosos,
Observadores da lei, ficaram irados!
Pois eram,  tremendamente invejosos,
Por não poderem, tal cura fazer...coitados!
                   VII
Criticando  Jesus, por este ter curado,
Um homem, sofrendo de paralisia!
Reclamando!!! O sábado, deve ser guardado!
Porque, o milagre inveja lhes fazia.
                  VIII
São assim hoje,  muitos religiosos,
Cheios de princípios e preconceitos!
Nada fazendo; os cínicos invejosos,
Só sabendo nos outros, por defeitos!
     J. Rodrigues   22/07/06   rev

Galeano
Enviado por Galeano em 28/10/2007
Código do texto: T713635
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 81 anos
518 textos (103354 leituras)
14 áudios (2001 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:53)
Galeano