Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DISCURSOS DE JÓ EM VERSOS POÉTICOS. CAP. 27.


Vive Deus que me tirou o direito,
E o Todo-Poderoso que amargurar minha alma quis;
Enquanto em mim houver alento,
E o sopro de Deus no meu nariz,
Não falarão iniqüidade os meus lábios,
Não pronunciará engano a minha língua.

A minha razão eu não vos darei;
Nem me apartarei da minha integridade, até que morra.
À minha justiça me apegarei e não a largarei;
Nenhum dia da minha vida o meu coração reprova.

Seja como o ímpio o meu inimigo,
E como o perverso o que contra mim se levantar.
Pois, quando Deus o cortar, qual é a esperança do ímpio,
Quando Deus a sua alma arrancar?

Acaso Deus lhe ouvirá o clamor,
Sobrevindo-lhe a tribulação?
Deleitar-se-á no Todo-Poderoso,
Ou em todo o tempo invocará a Deus, então?

Ensinar-vos-ei acerca do poder dele,
E o que está com o Todo-Poderoso não vos encobrirei.
Eis que todos vós já vistes;
Por que, pois, vos entregais completamente à vaidade?

Esta é da parte de Deus a porção do ímpio,
E a herança que do Todo-Poderoso recebem os opressores:
Se se multiplicam os seus filhos,
Será para a espada; e não se fartará de pão a sua prole.

Os que ficarem dele, pela peste serão sepultados,
E não chorarão as suas viúvas.
Embora amontoe prata como pó,
E vestes como barro, acumule.

A casa que ele edifica é como a sombra que o guarda faz,
E como a teia de aranha.
Rico se deita, contudo não o fará mais;
Abre os seus olhos, e já se foi a sua riqueza.

Pavores o alcançam como um dilúvio;
De noite a tempestade o arrasta.
O vento oriental leva-o, e ele se vai;
Sim, varre-o com ímpeto do seu lugar.

Pois atira contra ele, e não o poupa,
E ele foge precipitadamente do seu poder.
Contra ele, bate palmas,
E assobia contra ele do seu lugar.
oliprest
Enviado por oliprest em 08/11/2007
Código do texto: T728698
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oli de Siqueira Prestes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
oliprest
Manaus - Amazonas - Brasil, 67 anos
1906 textos (175905 leituras)
245 áudios (2449 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 06:58)
oliprest

Site do Escritor